Os Segredos do Golden Milk

Atualizado: 8 de out.


O seu nome foi dado não apenas em referência à sua cor, mas também ao seu valor nutricional de ouro. A cúrcuma é a grande responsável pelo dourado desta bebida. Também popularmente conhecida como açafrão-da-terra, ela está muito presente na culinária indiana.


Na Índia o uso do produto é comum devido à suas propriedades anti-inflamatórias e antibióticas. Literalmente, ela pode ser usada para uma gripe, inflamação, depressão e até para o cancro.


Através de seu mix de especiarias para além da curcúma, a canela, gengibre, pimentas preta e vermelha, cardamomo e leite. Geralmente é servido quente, possui um sabor único e delicioso, com um toque picante no início e no final mais doce por causa do leite.


A associação destes ingredientes aumentam o poder de absorção e optimizam os seus efeitos positivos. A lista de benefícios também se estende pois é analgésico, ótimo para um bom detox e promove o equilíbrio dos níveis de colesterol. Inclusive, auxilia a saúde imunológica e cerebral, ajuda na digestão e no metabolismo energético. Além do mais, age no equilíbrio dos níveis de açúcar do sangue e ainda contribui na gestão do peso ao reduzir o impulso alimentar.


O melhor momento para consumir é com leite bem quentinho antes de dormir. No entanto, pode ser ingerido durante o dia, substituindo também o chá ou café. Também pode ser usado em receitas como “ingrediente secreto” – fica uma delícia no arroz, por exemplo, por causa da cúrcuma.


Devido às suas propriedades digestivas, é indicado também depois do almoço, porque ajuda a diminuir a vontade de comer doces. Além disso, o Golden Milk também pode ser consumido quando precisares de relaxar, nos momentos de descanso. Ou como um boost de imunidade pela manhã.


Esta bebida pode ser consumida por todas as pessoas, de qualquer idade. Exceto por pessoas alérgicas a algum dos ingredientes que compõe a receita.

27 visualizações

Posts recentes

Ver tudo