Medida certa na hora de comprar

É inegável a correria em que o mundo está. Por mais adeptos do slowliving que possamos ser, o que é facto é que à nossa volta o mundo gira como nunca antes. E com isso a nossa qualidade de vida sofre, e a nossa alimentação leva por tabela.


Já não é segredo que somos fãs das refeições planeadas, que adoramos cozinhar para a semana toda e deixar tudo preparado, não só para poupar tempo como também para evitar o máximo de desperdício.

Mas como pode isto ser ainda mais sustentável para todos? Fácil: saber as medidas certas que devemos comprar.


Vamos começar pelo facto de que um prato deve ser o mais completo possível: ter proteínas, carboidratos e uma variedade de folhas e legumes. As proteínas não precisam de ser sempre animais, podemos optar por um prato mais vegetariano, os carboidratos preferencialmente não refinados e os legumes sempre frescos e biológicos.



E como usamos a matemática a nosso favor? Simples: 50% do prato com muitas verduras e legumes, os outros 50% devem-se repartir entre as proteínas e carboidratos. Façam do prato uma obra de arte cheio de variedades e cor… Ah, mas atenção ao tamanho do prato, não vale exagerar.


Mas dizem vocês: “Esperança, eu não ando com um medidor atrás... Na hora de comprar a granel, como sei as quantidades que preciso?”

A técnica milenar do “a olho” não está desenvolvida em todos nós da mesma maneira, por isso, há que ter sempre uma mão à mão.


Eu explico: a nossa mão serve de medida para organizar estes pratos na medida certa. Vamos então ao segredo mais bem guardado da cozinha.


Para a proteína animal basta a palma da mão, um pouco mais se for peixe branco. Já os legumes, não tenham medo, duas mãos inteiras abertas fica bem no vosso prato.


Para os carboidratos, da massa ao arroz, um punho fechado e outro para o grão e para o feijão. Para as sobremesas… dois palmos de distância. Brincadeira!


Para a fruta basta uma peça por refeição, mesmo nos lanches. Para a fruta pequena, a mão em concha é a quantidade ideal.


Gorduras e açucares é uma pontinha do dedo (se for do dedo mindinho, ainda melhor), dois dedos de queijo e uma mão em concha para frutos secos.


Não há nada que enganar. E na hora das compras no Mercado Orgânico, a nossa equipa está sempre disponível para vos ajudar a comprar nas medidas certas. Lembro que não existem quantidades mínimas nem máximas no momento da compra. Levam exatamente as quantidades que precisam para a semana para evitar o desperdicio! Deixo o desafio de trazerem os vossos medidores caseiros para na hora de comprar levarem as quantidades certas.


P.S.: estas métricas são meros guias para uma alimentação saudável e sem desperdício. Os grandes jantares entre amigos e as almoçaradas de domingo são sempre bem-vindos. E se sobrar comida, distribui-se uma caixinha com comida por cada amigo ou guarda-se no congelador para quando estivermos sem tempo.


Da vossa,

Esperança

5 visualizações

Posts recentes

Ver tudo